sábado, 20 de agosto de 2016

Luan Peres é defendido por Doriva no Santa Cruz, mas técnico não descarta mudança na zaga


Luan Peres foi um dos poucos jogadores do Santa Cruz que apresentaram um baixo rendimento na rodada passada, no 2 a 2 diante do Vitória. Das tribunas do Barradão, o técnico Doriva viu o zagueiro errar constantemente no posicionamento durante quase toda a partida e ainda quase entregar um gol para o Vitória ao recuar de forma errada, de cabeça, uma bola para Tiago Cardoso aos 18 do primeiro tempo, quando o duelo ainda estava empatado em 0 a 0. Sorte que Kieza não aproveitou o vacilo e chutou para fora. Apesar das falhas, o recém-chegado treinador defende o atleta. Mas também diz que avalia se o reserva Wellington pode assumir o posto no futuro.

A vaga que ocupa Luan Peres é justamente a da peça mais regular do elenco: de Neris, fora por cerca de um mês devido ao agravamento de uma lesão na coxa direita. Após a notícia do veto do titular, Peres assumiu a posição contra o Vitória, sendo escalado pelo interino Adriano Teixeira. Já havia atuado antes como titular, diante do Atlético-MG, substituindo Neris, que já sentia dores à época. Não comprometeu, embora tenha levado pedaladas desconsertantes de Robinho no terceiro gol no 3 a 0 para o Galo.

Wellington, por sua vez, foi regular nas quatro vezes que atuou. Jogou contra Internacional Coritiba (este entrando no segundo tempo), além dos dois jogos com o Vasco pela terceira fase da Copa do Brasil, quando o ex-técnico coral Milton Mendes se utilizou de um time misto. Doriva ainda é prudente em relação a escolha entre os dois zagueiros. Indica que no domingo, diante do Fluminense, no Arruda, Luan Peres deve ser acionado de início para dar-lhe sequência. Mas afirma que, sem Neris, vai avaliá-lo melhor junto a Wellington com o passar do tempo.

“Pesa (a favor de Luan) a sequência. Ele vem jogando. Jogou o último jogo. Oscilou um pouquinho, mas é natural. Ele é um jovem. Estamos trabalhando com a hipótese (de escalá-lo, domingo), mas também temos o Wellington, que também tem condições de jogar. Estou vendo agora com os meus olhos e vou avaliar isso mais precisamente para colocar aquele que estiver em melhor condição. A gente não tem preferência por A nem por B”, frisou Doriva.

Fonte: Portal Super Esportes

Uillian Correia exalta trabalho de Doriva e ressalta importância do segundo turno para o Santa


Após se recuperar das dores no pé esquerdo, Uillian Correia retornou na partida contra o Vitória/BA, no empate em 2 a 2, e foi um dos destaques do Santa Cruz no jogo. Em coletiva de imprensa, o volante falou sobre a importância de voltar a vencer no Campeonato Brasileiro e destacou que o segundo turno deve ser encarado como “19 finais”. O jogador exaltou o trabalho do técnico Doriva e quer fazer uma boa partida contra o Fluminense/RJ, neste domingo (21), às 16h, no Estádio do Arruda.

“Voltar a vencer é importante, mas com responsabilidade. Não podemos sair de qualquer maneira. Sabemos da qualidade do Fluminense, e eles também jogarão pelo resultado. Temos que ter inteligência e redobrar nossa atenção. O nosso nível de concentração tem que aumentar. O ponto que conquistamos fora de casa dá uma confiança maior para nós contra o Fluminense, e se vencermos essa confiança aumentará ainda mais”, destacou.

Segundo turno

“Senti umas dores muito fortes no meu pé, e acabei ficando fora por duas partidas. Não pude ajudar e só fique na torcida. Mas agora não podemos lamentar. Começamos bem o segundo turno pontuando fora de casa. Sabemos da responsabilidade que temos neste segundo turno e devemos encarar como 19 finais. Temos que trazer o torcedor para o nosso lado e fazer do Arruda um caldeirão”, ressaltou o volante tricolor.

Doriva

“O Doriva é um treinador moderno, que dispensa comentários. Um cara simples e humilde, que trata todo mundo da mesma forma. Veio para agregar. Não há titulares e reservas, pois todos são importantes para ele. Estamos fechados com ele, e tenho certeza que ele vai nos ajudar muito. Com muito trabalho iremos sair da situação que estamos”, disse.

Reação

"Jogamos partidas que ficamos atrás no placar e não conseguimos reverter. Contra o Vitória mostramos outra reação, pois ficamos duas vezes atrás e conseguimos o empate. A torcida pode esperar muita determinação e raça de todos os jogadores. A mobilização é de todo mundo, e tenho certeza que com o apoio do nosso torcedor vamos fazer um grande jogo no domingo e conseguir um bom resultado”, finalizou Uillian Correia.

Fonte: Portal Coralnet

Doriva espera apoio da torcida do Santa Cruz na estreia


Apesar de os resultados recentes do Santa Cruz serem negativos, o que vêm deixando os tricolores céticos em uma possível reação do time no Brasileirão, o técnico Doriva espera ganhar a confiança da massa coral logo em sua estreia. Para isso, sabe que a vitória diante do Fluminense, amanhã, às 16h, no Arruda, é fundamental.

“É momento de reagir na competição. Estamos bastante motivados para fazer um grande jogo e conseguir o resultado. Sabemos que para ganhar no Brasileirão, que é uma competição com jogos bem difíceis, não podemos dosar em campo. Temos de dar o máximo e é isso que vamos fazer domingo (amanhã)”, contou Doriva.

Ciente da dificuldade que será bater o Fluminense, o volante Uillian Correia alerta que o Santa Cruz não pode se lançar ao ataque de qualquer jeito, pois corre o risco de se expor e acabar se complicando na partida. 

“É claro que precisamos voltar a vencer, mas temos de jogar com responsabilidade. O Fluminense é forte e quer o resultado. Por isso, temos de manter um bom nível de concentração para vencermos a partida. Isso acontecendo, o ânimo e a confiança do grupo aumentam. O próprio torcedor passa a acreditar e volta a campo”, destacou.

Fonte: Blog do Torcedor

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Em busca de vaga, Fernando Gabriel se anima com novo comando no Santa


Já faz tempo que Fernando Gabriel foi titular no Santa Cruz. Para ser preciso, a última vez foi há mais de um mês, na derrota de 2 a 1 para o Botafogo, no dia 3 de julho. Porém, a mudança de comando da equipe motiva o jogador. Fernando trabalhou com o novo técnico coral, Doriva, em 2013, no Ituano. E confia na boa impressão deixada para poder ter novas chances.

Doriva comandou o Ituano na reta final do Campeonato Paulista de 2013. Esteve à frente da equipe em cinco jogos e Fernando Gabriel foi titular em todos eles, marcando dois gols. Em toda a campanha do Estadual, Fernando foi titular em 18 das 19 partidas. Balançou as redes quatro vezes.

"Estávamos no Ituano durante o Paulistão. O treinador era Roberto Fonseca e Doriva estava como auxiliar. Na reta final do campeonato, Roberto deixou o clube e Doriva assumiu e nos livrou do rebaixamento. Fico muito feliz em poder reencontrá-lo. Acompanhei de perto o início dele. Espero ajudá-lo novamente aqui no Santa. Ele sabe que pode contar comigo."

Fernando Gabriel pediu a colaboração de todos os jogadores do atual elenco para que Doriva trabalhe da maneira ideal neste início de passagem no Santa Cruz.

"Temos um grupo bom, com jogadores experientes. Vamos sair desta situação que estamos. O Doriva está chegando agora e temos que ajudá-lo em tudo. Iniciamos o segundo turno com um grande resultado contra o Vitória e vamos precisar desta mesma pegada daqui até o fim da Série A. Cada jogo será final de campeonato para nosso elenco."

Fonte: Globo Esporte.Com

Santa Cruz confirma acerto e vai levar 1º clássico da Sul-Americana à Arena de Pernambuco


O jogo de ida contra o Sport pela Copa Sul-Americana, cujo mando de campo é do Santa Cruz, não será mesmo no Arruda. Em contato com a reportagem do Superesportes no começo da noite desta quinta-feira, o presidente do clube tricolor, Alírio Moraes, confirmou o acerto com a Arena de Pernambuco para levar Clássico das Multidões da próxima quarta-feira a São Lourenço da Mata. A partida de volta também é no mesmo local, após parceria da diretoria rubro-negra no início de agosto com o Governo do Estado, que assumiu o aparelhamento do estádio da Copa em junho.

O Santa já tentava a mudança do local desta partida da Sula desde julho.Porém, só depois de uma conversa de Alírio na Federação Pernambucana de Futebol (FPF) nesta tarde, o Governo foi notificado pela entidade sobre o desejo da mudança por parte do Santa Cruz. Ainda segundo o mandatário coral, sem adiantar os valores que o Tricolor irá ganhar do Estado, falta apenas um detalhe para a troca de casa ser oficializada pelo clube. “Depende agora só da CBF e Conmebol. Acho que amanhã (sexta-feira) se resolve”, declarou.

O presidente não chega a tratar esse aval das entidades nacional e continental como um grande problema. Mas não esconde que precisa logo dessa autorização para começar logo a vender as entradas para o jogo. “A CBF está de recesso. Apelamos para o Governo do Estado (viabilizar mais rápido o acerto), pois precisamos vender os ingressos já a partir de segunda-feira.”

Arena também na Série A

Também de acordo com o que era conversado com a Arena desde julho, Alírio Moraes confirmou que as conversas estão adiantadas para levar as partidas da Série A do Brasileiro à São Lourenço. “Isso voltou a ser conversado, mas não fechamos”, ponderou. O clube, ressalte-se, terminou o ano passado "devendo" três partidas à Arena, ainda à época sob administração público-privada. A diretoria, contudo, diz que esse passivo com os antigos credores não influem nestas novas negociações.

Fonte: Portal Super Esportes

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Para voltar a vencer no Arruda, Tiago Cardoso pede equilíbrio emocional no Santa Cruz


O retrospecto do Santa Cruz no Arruda no Campeonato Brasileiro da Série A deste ano não é favorável. Terceiro pior mandante da competição, os tricolores só conquistaram quatro vitórias e perderam outras seis jogos em dez partidas disputadas como mandante (dos 19 pontos somados, apenas 12 foram feitos dentro de casa). Para melhorar o desempenho no segundo turno, o goleiro Tiago Cardoso cobrou equilíbrio emocional do time diante da torcida.

"Infelizmente, o nosso retrospecto em casa não é muito bom. No Arruda, temos que manter o equilíbrio emocional. A gente sabe o quanto é importante fazer o dever de casa, mas não estamos conseguindo. Precisamos de foco e concentração", declarou o camisa 1 coral. A última vitória do Santa no Arruda foi contra o Internacional/RS por 1 a 0, no dia 10 de julho, pela 14ª rodada. 

Como os resultados não estão acontecendo no Arruda, a cobrança da torcida é ainda maior sobre o time. Ciente da exigência do torcedor, Tiago Cardoso pediu paciência aqueles que vão ao estádio acompanhar Santa x Fluminense/RJ, no próximo domingo (21), às 16h, pela 21ª rodada do Brasileiro da Série A.

"A gente sabe que em alguns momentos o torcedor fica impaciente com a equipe, mas eu peço paciência. Com a ajuda (da torcida), podemos surpreender muitos times aqui dentro, até porque a gente trabalha pensando na vitória", disse.

Doriva

"O treinador veio com o pensamento de ajudar, mas a gente também precisamos fazer a nossa parte dentro de campo. Creio que o grupo tem que dar conta do recado. Estamos procurando assimilar as orientações para que no jogo a gente possa desenvolver da melhor forma possível", encerrou Tiago Cardoso.

Fonte: Portal Coralnet

Treinador Doriva sinaliza equipe do Santa Cruz com argentino Pisano entre os titulares


O treinador Doriva esboçou pela primeira vez uma escalação do Santa Cruz. Dos 11 jogadores que atuaram contra o Vitória sob o comando do interno Adriano Teixeira, no Barradão, dez permaneceram na equipe durante a atividade da tarde desta quinta-feira. A única troca foi Matías Pisano no lugar de Arthur. O argentino, portanto, ganha chances de iniciar a partida do próximo domingo, quando o Tricolor enfrenta o Fluminense, no Arruda, na estreia do comandante pelo Tricolor Pernambucano.

O argentino Pisano estreou pelo clube ao entrar no segundo tempo do duelo com o Vitória. Foi capaz de melhorar o rendimento do Santa Cruz e, de quebra, marcou o gol do empate em 2 a 2. Por sua vez, Arthur havia perdido a vaga na ponta direita na reta final do trabalho de Milton Mendes, ao ser substituído por Jadson nas três últimas partidas do ex-comandante coral.

Zaga

Conforme demonstrou no treino, a tendência é que Luan Peres siga no time. Embora tenha falhado com o Vitória, o zagueiro parece estar em alta com o novo treinador e deve continuar como substituto de Neris, vetado por cerca de um mês devido um agravamento em lesão na coxa direita. 

Às vistas de Doriva, que estava nas tribunas do Barradão, Luan falhou pelo menos duas vezes. Erros que por pouco não renderam gols de Kieza. Sendo assim, o Santa deve jogar com: Tiago Cardoso; Léo Moura, Luan Peres, Danny Morais e Tiago Costa; Derley, Uillian Correia, João Paulo, Pisano e Keno; Grafite.

Fonte: Portal Super Esportes