segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Direção continua em busca de um meia e atacante para reforçar a equipe


A temporada de 2017 vai começar oficialmente para o tricolor pernambucano nesta próxima quarta-feira, quando o time iniciará contra o Campinense-PB a sua trajetória em busca do Bi Campeonato da Copa do Nordeste. E para começar a competição regional, o clube contratou doze reforços até agora. Porém esse número ainda irá aumentar para quinze, já que a diretoria vai trazer mais três jogadores. 

Entre eles, um meia e um atacante. E são nessas posições que o Santa Cruz está correndo com mais velocidade para poder anunciar mais dois atletas. Por conta de não ter conseguido fechar com Bady na peça ofensiva do meio campo, e depois da desistência do centro-avante Zé Carlos que chegou a ser contratado pela a equipe, mas pediu para sair, a direção do mais querido está tratando com cuidado com relação a essa situação. 

No último sábado, o nome do atacante Victor Rangel surgiu como um possível reforço para ele vestir a camisa 9 do time coral nesse ano. Os dirigentes tricolores confirmaram o interesse da equipe em ter o jogador no elenco do santa, porém o empresário do atleta afirmou que as negociações envolvendo ambas as partes ainda não começaram. 

"Estamos analisando o mercado. A gente está montando uma equipe. Vamos com muita tranquilidade buscar esse nome no mercado (a contratação do atacante). Mas profissionais que se enquadrem, que estejam focados no clube. Nós tínhamos uma situação com o Bady (falando do meia que o Santa está queria trazer), porém isso melou. É difícil de achar um camisa 10, mas temos que dar moral também para quem está aqui", disse Tininho. 


Compartilhar:

Santa Cruz deve manter time para enfrentar o Campinense-PB no Nordestão


Mesmo sem ter feito uma grande partida, o Santa Cruz saiu com saldo positivo do amistoso de Sábado, onde o time venceu o Paysandu por 1 x 0 no estádio do arruda. A atuação não foi das melhores, mas a equipe demonstrou muito equilíbrio principalmente na defesa no segundo tempo. 

Embora tenha visto que ainda vai precisar melhorar muito a forma de jogar na Copa do Nordeste e no Campeonato Pernambucano, o técnico Vinicius Eutrópio deve continuar mantendo o mesmo time titular que começou o jogo contra o papão, quarta feira diante do Campinense-PB, na estréia do mais querido frente aos rubro negros de Campina Grande. Para poder adquirir rítmo de jogo, o treinador tricolor não deverá fazer mudanças na equipe principal. 

Dos jogadores que enfrentaram o Paysandu, muitos eram experientes como o goleiro Julio Cesar, o lateral direito Vitor que permaneceu no clube coral para esta temporada, e também outros como os volantes Elicarlos e David e o atacante Everton Santos. Todos eles aprovaram o resutado final da partida de ontem, assim como os demais.

EDUARDO BRITO

"Graças a Deus começamos a temporada de uma forma boa. Mas não podemos deixa-la cair. No ano passado também tivemos um começo excelente, porém depois acabamos sucumbindo. Temos que manter a pegada até o final. Eu fiquei a vontade no jogo, o Vinicius me deu muita tranquilidade, conversou comigo e isso foi muito importante para min. Graças a Deus eu fiz uma excelente partida.

THIAGO PRIMÃO 

"Fiquei muito feliz, não só por min, mas por toda a equipe e comissão técnica. Acho que veio para coroar o trabalho que a gente fez na pré-temporada. Foi muito bom. Em muito pouco tempo a gente veio trabalhando forte durante esse período. E acho que hoje conseguimos colocar um pouco do que treinamos. Lógico que não é o nosso melhor, mas tenho certeza que esse grupo vai evoluir muito ainda durante o ano."

DAVID 

"O primeiro título de muitos que vem por aí. É como eu falei quando eu cheguei aqui, nós temos vários campeonatos para disputar. E em todos eles, o santa é candidato a ser campeão. Então é assim que vamos entrar, com esse pensamento. é importante começar dessa forma. A gente ainda Tem muito a crescer. Mas acho que do primeiro momento, a primeira apresentação, a torcida deve ter ficado contente."
 
Compartilhar:

domingo, 22 de janeiro de 2017

Será ? Ex America MG e atualmente no Bahia, Victor Rangel pode ser contratado


Antes de começar o amistoso de ontem a tarde na qual o Santa venceu o Paysandu por 1 x 0, em jogo válido pela a Taça Asa Branca, onde o time coral conquistou o troféu de campeão, surgiu a informação nos bastidores que o clube estaria tentando contratar o atacante Victor Rangel que atualmente está defendendo o Bahia BA. 

Segundo informações, o técnico Vinicius Eutrópio conversou com o jogador e mostrou o interesse do mais querido em contar com ele no elenco do Santa Cruz para esta temporada. Porém, o centro avante teria revelado ao treinador coral que recebeu uma proposta para atuar em um clube do futebol chinês.  

Mesmo assim, não está descartada a possibilidade do atleta vim para a equipe tricolor, já que ele está analisando a proposta de jogar com Vinicius Eutrópio no mais querido e também de ir para o exterior, onde atuaria na Ásia. 

Além do Bahia, Victor Rangel também já passou por outras equipes como o América MG no ano passado, Grêmio RS, Madureira RJ, Marcílio Dias SC, Aracruz ES. O atacante atualmente está com 26 anos e pode acabar vindo para substituir Zé Carlos que pediu para sair nesta semana.
Compartilhar:

Eutrópio agradece à torcida, destaca reconstrução e fala em time base


DO CORALNET
O Santa cruz iniciou bem a temporada, venceu a equipe do Paysandu por 1 x 0 neste sábado (21), no estádio do Arruda e conquistou o primeiro título do ano, a Taça Asa Branca, disputada entre os atuais campeões do Nordeste contra os campeões da Copa Verde. Com a exibição, os atletas corais deram esperança e alegria aos mais de 14 mil torcedores que compareceram no reencontro do Santa Cruz com o Aruuda. 

Em entrevista coletiva após o jogo, o técnico Vinícius Eutrópio agradeceu o apoio vindo das arquibancadas, inclusive os que não foram para a partida. Para o comandante, é válido lembrar que há pouco tempo o Santa não tinha nem um time, resultado da saída em massa dos atletas que defenderam o manto coral na temporada passada. O técnico coral ainda falou sobre o time base para este começo de ano e a procura por um novo atacante. 

TORCIDA 
"Em primeiro lugar, quero agradecer a participação do torcedor. Não só a vinda mas a participação efetiva durante o jogo e dizer que a gente tá esperando também o torcedor que ficou em casa, por isso queria agradecer muito e parabenizar os jogadores", destacou o comandante tricolor. 

RECONSTRUÇÃO 
"Para mim foi muito positivo. Há dezenove dias atrás a gente não tinha uma equipe e hoje a gente tem uma time. Trabalhamos dia e noite para trazer jogadores com experiência, que já tiveram e tem bom histórico no futebol. A diretoria se empenhou em montar uma pré-temporada num campo recém inaugurado, então nós não perdemos nenhum dia de sessão de trabalho, nós não deixamos de trabalhar nenhum dia por nenhum jogador e isso é importante. É um desafio grande, você reunir vinte e oito jogadores vindo de lugares diferentes, cabeças diferentes e já tentar dar um corpo", ressaltou. 

ORGANIZAÇÃO 
"Vejo que o time teve o mínimo de organização boa e consciência daquilo que a gente trabalhou nesses dias. É óbvio que falta ainda aquela questão atlética, não está todo mundo cem por cento, se estivesse alguma coisa estaria errada. Nós queimamos etapas justamente pra tá representando minimamente bem o Santa Cruz em termos de organização e em termos de pegada, que é o que a gente está pedindo para os jogadores e eles estão executando. Primeira coisa que a gente tem que ter é essa vontade, esse nível de conscientização que nós tivemos e a entrega deles mesmo não estando cem por cento", avaliou. 

ANÁLISE DA PARTIDA 
"Gostei do nível de comprometimento, do nível de concentração, a organização defensiva e ofensiva, a conscientização deles de saber em todo momento onde estava a bola e o que fazer nas partes defensivas que a gente trabalha. Também gostei da atitude, é um time que gosta de jogar e que toca a bola. Eu gosto de jogar realmente desde o zagueiro até o atacante com jogadores de qualidade mesmo, que saibam sair jogando, e gosto também do time com muita velocidade, muita transição e isso nós conseguimos fazer no primeiro tempo algumas vezes. No segundo obviamente pelo nível físico que estamos nós não conseguimos", analisou. 

TIME BASE 
"Provavelmente este será o time base. A opção é pelo que o Éverton mostrou um poder de entendimento daqui que a gente estava treinando e o Primão vinha bem por dentro, com um nível de qualidade e de posse de bola muito bom, Então eu quis nesse lado ganhar posse de bola com o Primão, mas, não perder a profundidade com o Éverton. Poderia ter feito isso também com o Thomás que vem atuando bem, mas eu preferi trazer o Éverton, porque se eu coloco o Primão junto do Thomás, a gente acaba perdendo essa profundidade e Primão e Éverton aí já se casa melhor", confirmou. 

ZÉ CARLOS 
"Pegou todo mundo de surpresa, inclusive a mim, mas temos que trabalhar com soluções, nós temos que apresentar soluções, como também todos os jogadores. A partir do momento que ocorreu esse fato eu reuni os jogadores, falei para eles o que eu pensava, de que forma a gente tinha que encarar, virar a página e apresentar soluções dentro do próprio elenco. Eu trabalhei com o André que já vinha conosco, trabalhei com o Barbio também. Hoje ele entrou, numa função também que ele incomoda muito. A gente tá no mercado já em contato com alguns atletas, para substituir Grafiti e agora o Zé Carlos, esse tipo de atleta para que a gente possa dar tranquilidade para os garotos", finalizou.


Compartilhar:

sábado, 21 de janeiro de 2017

Frente a bom público, Santa Cruz vence o Paysandu e leva o título da Taça Asa Branca


DO SUPERESPORTES
Mais de 14 mil torcedores foram ao Arruda para acompanhar a primeira apresentação do Santa Cruz na temporada 2017. O bom público (tratando-se de um amistoso) viu um time praticamente novo em campo, apenas com um atleta remanescente da equipe titular do último ano. Em um jogo marcado por inevitáveis erros de entrosamento e entendimento entre os jogadores e muitas experiências dos dois lados, a segunda edição da Taça Asa Branca ficou no Arruda. Pelo segundo ano consecutivo, o Tricolor venceu um troféu amistoso de pré-temporada.

O jogo
Logo no começo da partida, aos dois minutos, Léo Costa arriscou um bom chute e obrigou o goleiro Emerson a fazer boa defesa. Apresentou o cartão de visitas do principal trunfo que o Santa Cruz teria durante a etapa inicial. Com erros de passe, movimentação e comunicação, foram de finalizações à distância que saíram as melhores chances corais. Até que, aos 33, após uma tentativa de cruzamento de Eduardo Brito, a zaga do Paysandu afastou mal e a bola se ofereceu a Léo Costa. O meia teve calma, dominou no peito e bateu firme, cruzado, para abrir o placar.

O Paysandu, que cometia os mesmos erros dos tricolores e não aproveitou os pequenos descuidos do zagueiro Jaime, só reagiu após sofrer o gol. Em três oportunidades, teve a chance do empate. Desperdiçou a primeira aos 36, com Leandro Cearense. Na segunda, obrigou Júlio César a fazer uma grande defesa aos 44 em um bom chute de Diogo Oliveira. E carimbou a trave do arqueiro pouco antes do apito final da primeira etapa, em cabeçada de Gilvan. Primeiro Tempo terminou mesmo no 1 a 0.

Segundo tempo
As equipes voltaram com a mesma configuração. A diferença foi a postura dos dois times. Atrás do placar, o Paysandu se lançou ao ataque e pressionou. Antes mesmo dos cinco minutos, obrigou Júlio César a fazer outra boa defesa. Mas o Santa Cruz soube controlar e quase marcou o segundo, em boa cobrança de falta de Thiago Primão. Mas ainda demonstrava erros de passes. O suficiente para Eutrópio começar a realizar os trocas na equipe aos poucos.

Marcelo Chamusca não ficou atrás e também fez experiências. Os erros aumentaram, a produtividade ofensiva se resumiu a chutes sem direção para os dois lados e o jogo terminou mesmo em 1 a 0 e a primeira taça de 2017 para o Tricolor.

Ficha do jogo

Santa Cruz 1
Júlio César, Vítor, Jaime (Anderson Salles), Bruno Silva e Eduardo; Elicarlos, David (Wellington Cezar) e Léo Costa (Marcílio); Thiago Primão (Willams Luz), Éverton Santos (Thomás) e André Luis (Barbio).

Paysandu 0
Emerson; Ayrton(Juninho), Fernando Lombardi, Gilvan (Pablo) e Willian Simões (Andrelino); Augusto Recife(Ricardo Capanema), Leandro Cearense (Alfredo), Diogo Oliveira (Daniel Sobralense) e Wesley; Jhonnatan (Samuel) e Bergson (Leandro Carvalho).


Local: Arruda (Recife-PE). Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (PE). Assistentes: Albert Jr (PE) e Gilberto Freire (PE). Gols: Léo Costa (33' do 1ºT). Cartões amarelos: Davi (Santa Cruz); (Paysandu). Público: 14.002 Renda: R$ 49.750,00.
Compartilhar:

Vale taça! Santa recebe o Paysandu e apresenta reforços para a torcida


DO SITE GLOBO ESPORTE.COM

Ainda que discreto, o torcedor do Santa Cruz terá uma boa oportunidade para soltar o grito de "É campeão!" neste sábado, quando a equipe recebe o Paysandu no Arruda, em amistoso que vale a Taça Asa Branca. A partida, que acontece às 17h15 (horário do Recife), contempla os campeões da Copa do Nordeste e da Copa Verde do ano passado. Quem ganhar, fica com a troféu e em caso de empate a decisão vai para os pênaltis.

O jogo servirá também para que o Santa Cruz apresente de forma oficial os seus reforços aos torcedores. Foram 11 contratados mais o lateral-direito Gabriel Vallés, que estava no elenco no ano passado e que só agora assinou contrato com o clube. Para o jogo contra o Paysandu, o técnico Vinícius Eutrópio realizou cerca de 15 dias de treinamentos e fez vários testes na equipe. Ele não quis confirmar os titulares no treino da sexta-feira, o último antes da partida.

A grande ausência no jogo deste sábado será o atacante Zé Carlos, grande contratação do Santa Cruz para a temporada. Ele chegou a treinar dez dias no clube, mas alegou problemas pessoais na última quinta-feira e pediu desligamento.

 
Compartilhar:

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Santa Cruz tem duas dúvidas no ataque para enfrentar o Paysandu


DO SITE BLOG DO TORCEDOR 
 
O ataque do Santa Cruz é o setor que mais quebra a cabeça do técnico Vinícius Eutrópio para a disputa do Troféu Asa Branca, neste sábado (21), diante do Paysandu, no Arruda. Do trio ofensivo, o único confirmado é justamente o jogador que ‘chegou’ por último: André Luis. O sub-20 recém-promovido herdou o posto após o pedido de desligamento de Zé Carlos, que vai voltar a Maceió por problemas particulares. Os atacantes de beirada vão ser conhecidos na hora do jogo.

Pelo lado direito, William Barbio e Thiago Primão são os candidatos. No lado canhoto, Thomás e Everton Santos estão na disputa. Cada um desses jogadores teve metade do treino para mostrar serviço. “Só tenho essas duas dúvidas”, afirmou o técnico.

Julio Cesar será o goleiro, seguido por Vítor, Bruno Silva, Jaime e Eduardo Brito, fechando a defesa. No meio, Elicarlos, David e Léo Costa. Ao longo do jogo serão feitas substituições, mas não serão dois times. Eutrópio quer manter uma base.

Compartilhar:

André Luis vê difícil tarefa de substituir Zé Carlos e diz ter sonhado com gol em estreia


DO PORTAL SUPER ESPORTES

A saída repentina de Zé Carlos pegou o Santa Cruz de surpresa do torcedor ao diretor. Sem o avançado, Contratado para ser o ‘homem-gol’ do time, o cargo está em aberto para a temporada. A primeira chance será dada a André Luis, de apenas 19 anos. Mas a curta idade não interfere na personalidade do avançado. Confiante para a sua primeira partida como profissional, o atleta tem grandes expectativas de cumprir o dever de balançar as redes na disputa da Taça Asa Branca, no próximo sábado no arruda, contra o Paysandu. “Sonhei com esse gol.”

André Luis sabe do peso que significa ser o novo ‘camisa nove’ do time. “Substituir o Zé Carlos é uma tarefa difícil, mas não impossível.” E deixa o aviso para os concorrentes à vaga. “Vou me adaptar aos poucos à posição e quem chegar vai ter que mostrar muita coisa para tomar o lugar”, disse o atleta.

Acostumado a jogar pelas pontas, sua função de origem, André terá o desafio de adaptar-se ao papel de centroavante além da responsabilidade da estreia. “O Vinícius (Eutrópio) falou que eu tenho uma boa estatura. Muita força. Achou melhor me colocar mais centralizado e eu vou procurar corresponder ao máximo. Me sinto melhor caindo pelos lados, mas vou procurar ficar centralizado”, explicou o avançado, sem abrir mão de suas suas características. “O meu forte é ir no 1 a 1 com o zagueiro. Velocidade, chute forte e um pouco de habilidade também”, ressaltou.

Amistoso com seriedade
 
Apesar de se tratar de uma decisão, a Taça Asa Branca tem caráter de uma partida amistosa. O que não significa que os atletas não levem o jogo a sério. “Emoção é grande. Todos jogos, mesmo que seja um amistoso, jogo-treino ou coletivo, tem que encarar como uma final. Todos estão ali para defender o seu prato de comida e o sustento da sua família”, pontua André Luis, que já decidiu como festejar, caso marque seu primeiro gol. “A minha comemoração mesmo, é ir para a galera e comemorar com a torcida.”
Compartilhar:

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Ex-parceiro de Forlán, Léo Costa traz experiência do exterior para servir atacantes do Santa


DO CORALNET
Léo Costa foi apresentado oficialmente no Santa Cruz. Após atuar no Mumbai City, da Índia, na temporada passada, o meio campista de 30 anos volta ao Brasil em busca de espaço no futebol do país. Empolgado com a chance de vestir a camisa coral, ele chega para brigar pela titularidade, juntamente com Thomás e Thiago Primão, no setor de criação. A sua principal característica é dar assistência para os atacantes, mas também tem a bola parada como virtude. 

“Gosto de colocar os atacantes na cara do gol. Já atuei em várias funções. Pelo meio, caindo pela ponta, de terceiro homem de meio campo. Posso atuar de acordo com as necessidades do técnico. Sempre nos times em que joguei bati faltas e escanteios, mas é claro que aqui também tem outros bons batedores, como Thiago Primão e Anderson Salles. Procuro sempre aprimorar esse fundamento”, declarou. 

Além da passagem pela Índia, Léo Costa também atuou na República Checa no Zbrojovka Brno, em 2010. As experiências no exterior o ajudaram a amadurecer. Inclusive, o meia chegou a jogar no ano passado com Diego Forlán, uruguaio que já foi escolhido pela FIFA como o melhor jogador da Copa do Mundo da África do Sul há sete anos. 

“Fui muito novo para a República Checa. Aprendi muito lá. É um futebol de muita técnica e tática. Acredito que isso fez com que eu evoluísse bastante. Foram passagens muito boas e essas experiências no exterior me fizeram crescer. Recentemente, atuei na Índia e no meu time tinha Forlán. Ele já foi craque da Copa do Mundo e tem um currículo de peso, mas, apesar da idade avançada, é um cara altamente tranquilo. Muita gente acha que ele é estrela, mas é muito trabalhador e fiquei até surpreso. Ele falava português também e tive uma boa relação com ele”, destacou. 

DESTAQUE
Apesar de não fazer muitos gols, Léo Costa já foi artilheiro do Campeonato Paulista de 2014 pelo Rio Claro-SP, quando balançou as redes 12 vezes. O atacante assinou contrato com o Santa Cruz até o fim da temporada de 2017. 

ADAPTAÇÃO 
"O futebol daqui é diferente do de lá (Índia). Aqui é mais técnico. Lá fora, onde atuei, é mais correria e os campeonatos costumam ser mais curtos, estilo um estadual. Mas estou treinando bem e não acredito que terei complicações”, comentou.

Compartilhar:

Primão volta a treinar e Eutrópio deixa dúvidas no time titular do Santa Cruz


DO GLOBOESPORTE.COM
Tentando utilizar o máximo de tempo possível da pré-temporada, para fazer os testes no time titular do Santa Cruz, o técnico Vinícius Eutrópio deu alguns indícios da equipe que pretende colocar em campo neste sábado, contra o Paysandu, pela Taça Asa Branca. E deixou duas dúvidas no ar. A boa notícia ficou pelo retorno do meia Thiago Primão aos treinos, depois de machucar a coxa na última segunda-feira.

Como vem fazendo constumeiramente, Vinícius Eutrópio montou o time titular com alguns jogadores a mais, que se revezavam nas posições que ele tem dúvida. A grande novidade foi a manutenção de Leo Costa durante toda a atividade no centro do meio de campo.

As dúvidas do treinador estão basicamente nas pontas. No lado esquerdo, ele revezou os trabalhos com Thomás e Everton Santos. Do lado direito, a dúvida está entre Wiliam Barbio e Thiago Primão, que vinha treinando centralizado durante toda a pré-temporada.

Na frente, o time titular começou treinando normalmente com André Luís, que vem sendo utilizado desde o início da pré-temporada, mas ele sentiu dores no pescoço durante a atividade e deu lugar ao atacante Zé Carlos.


Anderson Salles na academia


Uma ausência no treino desta quinta-feira foi o zagueiro Anderson Salles, mas de acordo com a assessoria de imprensa, o jogador não está machucado. A informação é que ele realizou trabalhos físicos na academia do clube.


Compartilhar:

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Éverton Santos quer aproveitar a visibilidade do Santa Cruz


DO SITE BLOG DO TORCEDOR 
Após um início de 2016 vitorioso, com títulos da Copa do Nordeste e do Campeonato Pernambucano, o Santa Cruz amargou um final de temporada difícil, com o rebaixamento para a Série B com três rodadas de antecedência. Mesmo assim, vários jogadores do seu time titular tiveram seus trabalhos reconhecidos, e jogarão em grandes equipes do Brasil e do exterior em 2017. Essa valorização atraiu novos atletas para o clube no ano, mostrando que o Santa é uma vitrine no futebol brasileiro. Quando a temporada 2017 começar de forma definitiva, cinco jogadores que finalizaram o último ano na Cobra Coral vão jogar a Copa Libertadores da América, principal competição da América do Sul. São eles: o lateral Léo Moura (Grêmio), o meia João Paulo (Botafogo) e os atacantes Grafite (Atlético-PR), Keno (Palmeiras) e Arthur (Chapecoense). 

Já o zagueiro Danny Morais (Coreia do Sul), o volante Derley e o centroavante Bruno Moraes (ambos nos Emirados Árabes) foram para fora do Brasil. Por fim, os cabeças de área Uillian Correia (Vitória) e Jadson (Ponte Preta) vão jogar a Série A do Campeonato Brasileiro. “O elenco atual está bem focado nos trabalhos. São todos jogadores procurando visibilidade. Apesar da equipe ter sido rebaixada, metade (do time titular) está indo jogar em clubes que vão atuar em campeonatos de alto nível, como a Libertadores. Minha intenção não é diferente: procurar fazer um bom trabalho aqui, junto com meus companheiros, e dar um ano vitorioso para o Santa”, explicou o atacante Everton Santos.

Ontem, no estádio Grito da República, o atleta foi o 11º reforço apresentado pela Cobra Coral visando a temporada 2017. Com 30 anos, o jogador já rodou o mundo, com passagens por clubes tradicionais do Brasil, como Corinthians e Fluminense, além de ter jogado também no futebol coreano, japonês e até no Paris Saint Germain (PSG), da França. Em 2016, atuou pelo Figueirense, onde fez 34 jogos e marcou apenas três gols. No Santa, já balançou as redes uma vez, no jogo-treino da equipe contra o Timbaúba, no último sábado, em Olinda. Mesmo com todas essas credenciais e o fato ter iniciado a semana treinando no time principal, o atleta não quer se colocar como titular incontestável na Cobra Coral. 

“Em momento algum conversaram comigo a respeito da equipe que vai iniciar a partida no sábado (contra o Paysandu, no Arruda). Todos nós estamos trabalhando de forma igual. Estou procurando me esforçar o máximo para ajudar. A gente está em processo de pré-temporada e muita coisa tem que ser melhorada. Com o tempo, Eutrópio vai definir (o time)”, disse. Com um grupo reformulado praticamente do zero, Everton Santos quer cautela nesse início de preparação da Cobra Coral. “Tratando-se de um grupo em formação. É preciso ter tempo. Seria muito fácil chegar aqui e dizer que tudo vai dar certo desde o princípio. O que vale agora é nós superarmos as dificuldades que vamos encontrar com vontade e determinação. Só assim a equipe pode conseguir os objetivos nesse início de trabalho. Não posso chegar aqui e dizer que em um ou dois meses a equipe vai estar ‘redonda’. Mas posso dizer que, com superação, podemos conseguir os resultados desde já”, finalizou o atacante.
Compartilhar:

CBF altera data e horário da estreia do Santa Cruz diante do Campinense


DO PORTAL CORALNET

A partida de estreia do Santa Cruz diante do Campinense, reedição da grande final do ano passado, pela Copa do Nordeste, teve seu dia e horário alterado. A CBF anunciou a mudança da partida, que antes seria na quinta-feira (26), às 19h. Agora,  o confronto foi antecipado para a quarta-feira (25), às 16h30, horário comercial.

Através do seu site oficial, a Confederação Brasileira de Futebol alegou que a mudança se deve a "Um ajuste na grade de programação do canal Esporte Interativo", emissora que detém os direitos de transmissão da competição. A partida é válida pelo grupo "A", que ainda tem Náutico e Uniclinic-CE.

A mudança causou indignação de muitos torcedores corais, pois a bola passa a rolar em plena tarde de uma quarta-feira, dificultando a vida de quem desejava acompanhar de perto o Santa Cruz  na primeira partida oficial do ano. Até então, não existe uma confirmação se este será um episódio esporádico, ou se o horário será frequente na Copa do Nordeste de 2017.

Compartilhar:

Santa Cruz define ingressos para Taça Asa Branca a R$ 5 e com gratuidade aos sócios


DO PORTAL SUPER ESPORTES

Os ingressos para a primeira exibição do Santa Cruz no ano já estão definidos. Os tricolores disputam a Taça Asa Branca com o Paysandu no próximo sábado, no Arruda, às 17h15, com ingressos custando R$ 5 para o setor das arquibancadas e acesso livre para os sócios que estiverem com suas contas em dia com o clube.

Apesar do caráter amistoso, a partida marca o primeiro encontro entre o campeão da Copa do Nordeste e da Copa Verde. Na temporada passada, o título ficou com o Ceará, campeão nordestino, que enfrentou o Flamengo como convidado na ocasião.

Valores:
 
Arquibancada - 5 reais (preço único)
Conselho/Cadeira/Camarote - 15 reais
Sócio - Entrada gratuita (precisa estar adimplente)

Locais de venda:
 
Bilheterias do Arruda
Quiosque Ticket Folia (Shopping Recife)
Loja Stadium (Galeria do Hiper Bompreço de Casa Forte)
Loja Cobra Coral (Shopping Tacaruna)
Loja PE Retrô (Shopping Rio Mar)
Loja Pequeno Torcedor (Shoppings Rio Mar e Recife)

Horários:
 
Bilheterias do Arruda -
18/01 a 20/01 - 09h até 18h
21/01 - 09h até a hora do jogo
Pontos descentralizados
Ingressos disponíveis das 14h do dia 18/01 até 16h do dia 20/01

Compartilhar:

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Depois de ver Bady assinar com clube Turco, Santa Cruz busca novo meia no mercado


DO SUPERESPORTES
O elenco do Santa Cruz para a temporada ainda não está completo. Algumas posições ainda devem ser reforçadas. Entre elas, a de meia armador. Após o insucesso com Bady, anunciado no futebol da Turquia, a diretoria coral busca novo nome para completar essa lacuna no time.

Em entrevista ao Superesportes, o vice de futebol do clube, Constantino Júnior, afirmou que não houve surpresa com o desacerto. “Já era uma possibilidade que a gente sabia. Estávamos conversando com ele, mas sabíamos desse interesse de fora.” E garante. “No Brasil, (Bady) só jogaria se fosse pelo Santa Cruz.”

Constantino revelou que o clube abriu novas conversas para reforçar o meio de campo. “Já estamos trabalhando com outro nome. Estamos na parte inicial. Explicando a nossa situação financeira, a filosofia do técnico, sempre entendendo o mercado e as oportunidades”, afirma.

Outras posições
Além do setor de criação, outras áreas ainda devem ganhar novos concorrentes. “Não queremos antecipar situações. Vai depender da situação do mercado para ter um padrão sem fugir da realidade financeira”, projeta Constantino Júnior, que espera anunciar mais um goleiro para concorrer à vaga com Júlio César e o jovem Luiz Miller. “Temos alguns nomes, mas estamos negociando ainda.”


Compartilhar:

Destaque na Copinha 2017, Lucas vê chance de amadurecer no Santa Cruz


DO SITE GLOBO ESPORTE.COM

Passada a disputa da Copa São Paulo de Futebol Júnior, o Santa Cruz integrou ao elenco profissional três destaques. O zagueiro Thawan, o volante Otávio e o goleiro Lucas Silva, entre todos o de maior evidência no torneio. Lucas, de 19 anos, começou a treinar com os profissionais nesta semana e tem se empolgado com a chance dada pelo técnico Vinícius Eutrópio.

Consciente de que não terá muitas oportunidades no time titular, em 2017, já que o Santa Cruz tem Julio Cesar como dono da cadeira, Miller, em um estágio mais avançado - e ainda busca um outro goleiro -, ele quer usar o período para aprender.

"Este ano tenho que trabalhar, respeitar os meus companheiros e ir buscando meu espaço. Vou esperar a oportunidade e aproveitar. Estamos trabalhando para cada dia mostrar meu trabalho.

Lucas usa a experiência na Copa São Paulo de Futebol Júnior como positiva para esta nova empreitada no elenco profissional. "Lá foi muito proveitoso. Serviu como uma boa experiência para mim. Acho que minhas atuações pesaram para ser integrado. A gente sempre vai com a expectativa de vir aqui e ter a confiança do treinador."
Compartilhar:

Santa Cruz tentou trazer o meia Pedro Carmona que foi para o Audax-SP


Faltando apenas mais três contratações para fechar o primeiro ciclo de reforços do time que irá começar a disputar a primeira parte da temporada de 2017, a direção do Santa Cruz ainda está em busca de trazer um goleiro, um meia e um atacante. Depois de contratar Thiago Primão, Thomaz e Leo Costa, o clube ainda espera anunciar mais um meio campista ofensivo, para continuar reforçando o setor que teve uma debandada de jogadores muito significativa na posição, assim como na maioria das demais. 

Entre os atletas que foram tentados pela a diretoria para vim para a equipe, um deles é bastante conhecido do futebol pernambucano. Trata-se do bom meia Pedro Carmona de 28 anos, que jogou no Naútico entre 2014 e 2015, até depois ser dispensado pelo o Timbú. 

O jogador foi procurado recentemente a algumas semanas atrás pelo o mais querido, porém acabou não acertando com o tricolor do arruda porque ja havia aceitado a proposta do Audax-SP, onde irá disputar o estadual de lá deste ano pelo o time paulista. "Fui procurado pelo Santa Cruz, mas já havia fechado com o Audax para disputar o Paulistão. Fiquei feliz pelo contato", confirmou Pedro Carmona.







 
Compartilhar:

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Elicarlos e Everton Santos são testados em treino no time titular do Santa Cruz


DO CORALNET
A semana começou com notícias novas no treinamento do Santa Cruz no estádio Grito da República, em Olinda. Em busca da escalação ideal para o jogo contra o Paysandu-PA, no próximo sábado (21), no Arruda, pela Taça Asa Branca, o técnico Vinícius Eutrópio promoveu duas mudanças na equipe que foi titular nos dois testes da temporada, contra a Agap e o Timbaúba. As novidades nesta segunda-feira (16) foram a presença do volante Elicarlos e do atacante Everton Santos nas vagas de Wellington Cézar e William Barbio, respectivamente. 

Com as duas alterações no time considerado titular, o Santa foi formado por Júlio César; Vítor, Bruno Silva, Jaime e Eduardo Brito; Elicarlos, David, Thiago Primão e Thomás; Everton Santos e André. Durante a movimentação no campo de jogo, Eutrópio ainda acionou o centroavante Zé Carlos na vaga do garoto André, que vem mostrando potencial na pré-temporada. 

As entradas de Elicarlos e Everton Santos se devem ao rendimento dos jogadores na vitória do Santa Cruz sobre o Timbaúba pelo placar de 3 a 0, no último sábado. Os jogadores participaram do segundo tempo do amistoso e conseguiram se destacar após boas atuações. O atacante, por exemplo, marcou um dos gols da vitória. Sendo assim, eles começaram a semana na equipe titular.


Compartilhar:

Prioridade de Eutrópio, meia Bady ainda é esperado no Santa Cruz


DO SITE GLOBO ESPORTE.COM

Quando assumiu a missão de ser o técnico da reconstrução do Santa Cruz, o técnico Vinícius Eutrópio elencou algumas prioridades para o processo de montagem do elenco e uma delas ainda não foi atendida pela diretoria: o meia Bady.  O jogador está com tudo apalavrado com o Tricolor, mas os últimos ajustes com o Atlético-PR, dono dos direitos econômicos dele, atrasam o anúncio.
 
"Estamos aguardando Bady. Foi um dos primeiros jogadores que começou a negociar com a gente. Estava praticamente fechado e não posso responder sobre isso. A diretoria pode falar melhor que eu - comentou Eutrópio." Bady é uma indicação especial de Eutrópio, já que os dois trabalharam juntos no Figueirense, no ano passado e se conhecem bem.

Até agora, o Santa Cruz contratou 12 jogadores e a tendência é que mais três sejam anunciados, sendo um goleiro, um meia e um atacante. "Acho que mais dois ou três jogadores. Não tem que ter um grupo grande. Tem que ter um grupo comprometido." 

Compartilhar:

Taça Asa Branca: Eutrópio convoca torcida do Santa Cruz e diz não ter escalação definida


DO PORTAL SUPER ESPORTES

No próximo sábado, o Santa Cruz vai atuar pela primeira vez no Arruda em 2017. Recebe o Paysandu em amistoso. A partida é válida pela Taça Asa Branca e reúne os últimos campeões da Copa do Nordeste e da Copa Verde. O técnico Vinícius Eutrópio inicia nesta segunda-feira os preparativos para o duelo com o time paraense, mostra vontade de conquistar o troféu de pré-temporada e quer se deparar com um Arruda cheio. Diz que não tem a escalação coral definida para o confronto, entretanto.

“A gente não tem ainda (formação pronta). Estamos neste período. Vamos usar ainda esta semana, aliando questões físicas, táticas e conhecimento dos jogadores, para que a gente possa representar bem o Santa no sábado. É um amistoso, mas tem uma taça em jogo”, falou Eutrópio. Com caráter que vai além de uma partida preparatória, segundo julga o treinador, ele irá figurar no banco de reservas. Ao contrário do jogo-treino contra o Agap e o também amistoso com o Timbaúba, ambos no Estádio Grito da República, em Olinda - onde assistiu tudo das arquibancadas para dar entrosamento e estimular a liderança entre os seus comandados.

O modesto estádio de Olinda, aliás, recebeu um bom público no jogo-treino diante do Agap. Muito longe, porém, do que o Arruda já se acostumou a receber. Frente ao Timbaúba, por questões de segurança, o amistoso acabou sendo com portões fechados. Eutrópio, portanto, não esconde a ânsia de comandar o Santa pela primeira no José do Rego Maciel. Projeta que os torcedores compareçam ao local e espera apoio durante 2017.

“(A torcida) já foi o diferencial em outras temporadas. Neste ano, ela tem que ser mais ainda. Já venho com a expectativa de casa cheia e isso é bom. A gente tem passado muito isso para os jogadores e pedido participação da torcida. Tenho certeza que o nosso encontro vai ser sábado na nossa estreia.”
 
Compartilhar:

Lateral esquerdo Roberto próximo da renovação contratual com o Santa Cruz


A diretoria do Santa Cruz está encaminhando a renovação de contrato do lateral esquerdo Roberto, que ainda não foi oficializada pelo o clube pernambucano. Por conta disso, o jogador que está desde maio de 2016 no time tricolor, ainda não se reapresentou para o elenco do técnico Vinicius Eutrópio e consequentemente não participou dos dois jogos treinos que o mais querido fez neste começo de temporada. 

Porém, com a permanência bem próxima de ser acertada com a equipe, Roberto deve chegar a tempo de poder começar a jogar os primeiros jogos da equipe coral em 2017.  

O que faltam apenas são detalhes para a direção fechar a renovação contratual do lateral esquerdo que deverá continuar no Santa Cruz até o final do ano. O vice presidente do clube tricolor, Constantino Junior, negou que o atleta tenha feito exigências para os dirigentes pagarem os salários atrasados que devem a ele, para assim o mesmo permanecer no time. 

"Estamos acertando detalhes. Não era o pagamento dos atrasados, era uma situação interna, não uma exigência."
 
Compartilhar:

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Três jogadores que atuaram na Copa SP são integrados ao time profissional


DO SUPERESPORTES
O técnico Vinícius Eutrópio ganhou três caras novas para o elenco na tarde desta quinta-feira: o goleiro Lucas Silva, o zagueiro Thawan e o volante Otávio. Não são reforços propriamente ditos. O trio, que chegou a integrar o elenco profissional do Santa Cruz no ano passado, estava disputando a Copa São Paulo de Juniores pelo Tricolor desde o início do mês.

Como o sub-20 do Santa Cruz foi eliminado para o Primavera-SP, após derrota por 3 a 2 na segunda fase da competição, os três jogadores foram solicitados pelo treinador para compor o elenco. Aos 19 anos, Thawan se junta na zaga ao também prata da casa Walter Guimarães e aos novatos Jaime, Bruno Silva e Anderson Salles.

Otávio, por sua vez, tem a concorrência do reforço David, de Wellington Cézar, Lucas Gomes, Marcílio, além de Elicarlos, anunciado nesta quinta. Otávio figurou entre os profissionais no começo do ano passado; Thawan, no fim.

Lucas Silva também passou a integrar a equipe principal no término de 2016, quando o goleiro reserva Edson Kölln deixou o Arruda para acertar com a Linense-SP. A concorrência de Lucas, 19, será com o recém-chegado Júlio César, contratado para ser titular do gol coral, e com Miller, revelado nas categorias de base do clube e que foi titular na última rodada da Série A do Brasileiro, contra o São Paulo, no Morumbi.

Compartilhar:

Novidade do dia: Elicarlos acerta ida para o Santa Cruz


DO CORALNET
Depois da negociação frustrada com o Umm Sallal, dos Emirados Árabes, o volante Elicarlos voltou atrás e acertou com o Santa Cruz, que anunciou o reforço oficialmente no fim da manhã desta quinta-feira (12). A contratação do jogador foi um pedido do técnico Vinícius Eutrópio. Ele já está no Recife, juntamente com o seu empresário, para assinar contrato com o tricolor até o fim de 2017. 

Há quase duas semanas, o Santa esteve muito próximo de anunciar Elicarlos, mas a negociação deu para trás porque o atleta iria jogar fora do país. No entanto, como não acertou com o Umm Sallal, clube dos Emirados Árabes, ele acabou decidindo fechar com o tricolor para a temporada de 2017. 

Revelado no Porto, de Caruaru, o jogador de 31 anos jogou no Náutico em 2006. Depois de uma temporada de destaque, acertou com o Cruzeiro-MG em 2008 e passou quase três anos na Raposa até retornar para o Timbu no ano de 2011. Além disso, ele acumula passagens por Chapecoense-SC (2015) e Figueirense-SC (2016). Nos clubes catarinenses, trabalhou com o técnico Vinícius Eutrópio e agora, no Santa, reencontra o treinador pela terceira vez. 

O volante Elicarlos é o 13º reforço do Santa Cruz. Antes dele, foram contratados: o goleiro Júlio César, o lateral direito Gabriel Vallés, os zagueiros Jaime, Bruno Silva e Anderson Salles, os meias David, Thomás, Léo Costa e Thiago Primão e os atacantes William Barbio, Éverton Santos e Zé Carlos. O clube ainda busca mais três reforços - um goleiro, um meia e um atacante. 

CONFIRA A FICHA TÉCNICA DO JOGADOR:
Nome completo: Elicarlos Souza Santos
Posição: Volante
Pé preferencial: Destro
Data de Nascimento: 08/06/1985 (31 anos)
Naturalidade: Laranjeiras (SE)
Altura: 1,76cm
Peso: 73 kg
Clubes: Porto-PE, Náutico, Cruzeiro-MG, Chapecoense-SC e Figueirense-SC
Compartilhar:

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Atacante Zé Carlos participa de primeiro treino com bola e marca um gol


DO GLOBO ESPORTE

Exatamente dois meses depois do seu último contato com a bola de futebol, o atacante Zé Carlos enfim voltou a trabalhar com o principal instrumento de trabalho nesta quarta-feira, no Santa Cruz. Por conta do período de inatividade, se mostrou tímido em campo apesar de ter marcado um bonito gol no último lance. Longe da melhor forma, ele tem intensificado treinos físicos.

A última vez do atacante em campo havia sido no dia 11 de novembro, na derrota do CRB para o Paysandu por 1 a 0, pela Série B do Campeonato Brasileiro. Ele chegou ao Tricolor na última segunda-feira, mas havia trabalhado apenas a parte física nos primeiros dias.

Expectativa em alta pelo artilheiro

O primeiro treino com bola de Zé Carlos era muito esperado pelos tricolores, que depositam no atacante a carga de substituir o ídolo Grafite. Eles também fizeram referências a Dênis Marques, alagoano como o próprio Zé Carlos, que fez sucesso no Arruda em 2012 e 2013.

Nitidamente desentrosado e ainda fora de forma, o atacante arriscou pouco em gol e errou alguns passes teoricamente fáceis. No entanto, como um bom centroavante, precisou de uma chance para balançar as redes. De fora área, deslocou Júlio César no último lance do treinamento e arrancou aplausos dos torcedores que estavam no Estádio Grito da República.

Um dos fatos que fez o atacante Zé Carlos não se destacar tanto nesta quarta-feira é que ele se apresentou nitidamente acima do peso. Após a movimentação, enquanto todos os atletas saíram do campo, ele ficou sozinho com o preparador físico Márcio Corrêa aprimorando a parte física.

Compartilhar:

Santa Cruz pretende entregar campo do CT até o final do Estadual

DO CORALNET
No mês de dezembro do ano passado, o Santa Cruz deu o primeiro passo para a construção do seu centro de treinamento. O processo de limpeza e de terraplanagem no terreno foi o pontapé inicial da obra, que está sendo conduzida pela Comissão Patrimonial do clube, encabeçada por Antônio Luiz Neto, ex-presidente coral. Além dele, outros membros são responsáveis pelo projeto como Rodolfo Aguiar, João Caixero, Sílvio Ferreira e Carlos Simeão. 

"Realmente começamos a construção do CT. Nós, hoje, já temos um projeto que demos início à execução. O primeiro passo foi a terraplanagem e a demarcação planialtimétrica do que vai ser construído. Várias máquinas estão operando e nivelando por completo a área onde vamos reerguer o centro de treinamento. Estamos preparando o chão para fazer o primeiro gramado”, detalhou ALN. 

O projeto do CT Ninho das Cobras Rodolfo Aguiar, em homenagem ao ex-presidente que dirigiu o clube entre os anos de 1979 e 80, prevê o levantamento de três campos oficiais. A Comissão Patrimonial espera não parar mais o trabalho, porém existem problemas financeiros para dar continuidade. Como não tem dinheiro para a construção, Antônio Luiz Neto avisou que só pode concluir o projeto com a ajuda da torcida. Ele ainda lembrou que no ano passado João Caixero doou toda a renda arrecadada com as vendas do seu livro “Sou Santa Cruz de Corpo e Alma”, que custava R$ 1.000,00, para que a obra fosse iniciada. 

"Para fazer o primeiro campo, precisamos de recursos. Hoje, nós estamos operando com recursos da arrecadação da Comissão Patrimonial e também, fundamentalmente, com o dinheiro do livro ‘Santa Cruz de Corpo e Alma’, que foi recentemente lançado por João Caixero de Vasconcelos, membro da comissão. Ele doou toda a arrecadação desse livro. Mesmo assim, precisamos da colaboração da torcida para a construção do primeiro campo e a obra deve começar daqui a dois meses. É claro que isso vai ser feito com a participação da torcida. O Santa Cruz não tem recursos para fazer essa obra de forma própria e precisamos do torcedor", acentuou. 

A ideia do clube é fazer várias ações colaborativas com os torcedores para que fundos sejam arrecadados. Ainda este mês, o Santa Cruz deve lançar campanhas de ajuda para a construção do tão sonhado centro de treinamento. 

"Ainda estamos fazendo um estudo. Nele a gente contempla diversas formas de arrecadação. Entre elas, alguns eventos onde o torcedor possa se deslocar até a área do CT e se entusiasmar para fazer a sua doação. Também terão objetos que vão poder ser adquiridos pelo torcedor, que pode levar como lembrança o projeto do centro de treinamento. Vamos fazer feijoadas com a presença dos torcedores e também deveremos fazer o lançamento de sócio patrimonial do clube. Você adquire seu título e fica sócio eternamente com o título patrimonial", explicou Antônio Luiz Neto. 

No ano de 2012, na gestão do presidente Antônio Luiz Neto, o Santa Cruz adquiriu em março o terreno de 10 hectares com parte da verba da venda do atacante Gilberto ao Internacional-RS. A conclusão da obra foi uma das promessas não cumpridas pelo presidente Alírio Moraes no começo de sua gestão (há dois anos). Ele pretendia deixar o CT pronto até o fim de 2015, no entanto esbarrou em dificuldades financeiras que impediram o avanço do projeto.

Compartilhar:

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Em primeiro teste do ano, Santa Cruz vence a Agap-PE por 3x0


DO GLOBO ESPORTE
Muita torcida e muitos gols. Foi assim o primeiro jogo-treino do Santa Cruz no Estádio Grito da República, em Olinda, nesta terça-feira. Contra a Agap-PE (Associação de garantia ao atleta profissional de Pernambuco) , os tricolores venceram por 3 a 0, com gols de 
Thomás, Gabriel Valles e Nininho. O próprio Thomás e o também meia Léo Costa foram os destaques da movimentação.


O técnico Vinícius Eutrópio assistiu das arquibancadas e gostou do que viu. O treinador não concedeu entrevista coletiva, mas em uma conversa com a reportagem do GloboEsporte.com se mostrou satisfeito com o nível da atividade. 

O Santa Cruz começou o jogo-treino com o time considerado principal hoje. O detalhe é que o zagueiro Anderson Salles e o atacante Zé Carlos, que chegaram na última segunda-feira, fizeram apenas trabalhos com bola. O time do primeiro tempo teve Julio Cesar; Vítor, Bruno Silva, Jaime e Eduardo Britto; Wellington Cézar, David, Thiago Primão, Thomás e William Barbio; André Luís.

O único gol da primeira etapa foi marcado pelo meia Thomás, que converteu um pênalti sofrido pelo centroavante André Luís. Além do gol, o meia também se destacou com jogadas individuais rápidas e foi o principal nome do primeiro tempo.

Já na segunda etapa, o destaque ficou por conta de Léo Costa, que foi o principal articulador da equipe e deixou os companheiros na cara do gol diversas vezes. Em uma delas, o lateral-direito Nininho, que jogou na esquerda, marcou um gol. O argentino Gabriel Valles também deixou sua marca. 


Compartilhar:

Santa Cruz perde na Copa SP e é eliminado


DO SUPERESPORTES
O Santa Cruz endureceu o jogo até o fim, mas não conseguiu evitar a sua eliminação na Copa São Paulo de Futebol Júnior, na tarde desta terça-feira. A equipe coral foi derrotada por 3 a 2 pelo Primavera, no estádio Ítalo Limongi, em Indaiatuba, no interior de São Paulo. Com o resultado, o Tricolor caiu na segunda fase da competição.

A partida foi marcada pelo equilíbrio. O rival coral, contudo, foi mais eficiente nas finalizações e, ao fim do primeiro tempo, abriu o marcador com Gabriel, aos 40 minutos. No início da segunda etapa, ampliou o placar com Rabiola, aos 16.

Dois minutos depois, Alessandro colocou o time pernambucano no jogo fazendo 2 a 1. Mas o Primavera voltou a mostrar eficiência e ampliou novamente com Jonas. Já no fim Robinho voltou a diminuir marcador, mas não conseguiu evitar a desclassificação.

Compartilhar:

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Em tarde de apresentação de reforços, Santa é escalado pela primeira vez em treinamento


DO CORALNET:
Quatro caras novas no treinamento do Santa Cruz. Na tarde desta segunda-feira (9), no estádio Grito da República, em Olinda, o zagueiro Anderson Salles, o meia-atacante Léo Costa e os atacantes Éverton Santos e Zé Carlos foram integrados ao elenco coral e começaram os trabalhos para a temporada de 2017. A presença do quarteto no jogo-treino, nesta terça-feira (10), contra a Agap-PE, às 15h30, ainda é incerta. 

O zagueiro Anderson Salles e o atacante Zé Carlos se limitaram a um trabalho físico e deram apenas voltas no gramado. Já o meia-atacante Léo Costa e o atacante Éverton Santos trabalharam com todo o grupo e com isso têm mais chances de serem utilizados no primeiro teste da temporada. 

TIME EM CAMPO:

Na segunda semana de trabalhos à frente do Santa Cruz, o técnico Vinícius Eutrópio esboçou pela primeira vez um time para a temporada de 2017. Ele aproveitou o treinamento técnico-tático na tarde desta segunda-feira (9), no estádio Grito da República, em Olinda, para fazer testes na equipe e começar a tirar algumas conclusões do que tem em mãos no elenco. 

A escalação foi a seguinte: Júlio César, Gabriel Vallés, Bruno Silva, Jaime e Eduardo; Wellington Cézar, David, Thiago Primão e Thomás; William Barbio e André. Dos 11 jogadores da formação, oito deles são recém-contratados para 2017. As outras novidades foram o lateral esquerdo Eduardo e o atacante André, que desde do fim do ano passado subiram para o elenco profissional após se destacarem no Campeonato Pernambucano Sub-20. Para fechar o time, o prata da casa Wellington Cézar estava presente na cabeça de área. 

Nesta terça-feira (10), às 15h30, o Santa Cruz realiza o seu primeiro teste da temporada, contra o Agap-PE. O jogo-treino será no estádio Grito da República, em Olinda, e a entrada é um 1kg de alimento não perecível.


Compartilhar:

Após perder Danny Morais, Santa Cruz contrata zagueiro Anderson Marques


DO GLOBOESPORTE
O Santa Cruz foi rápido no gatilho e um dia após perder Danny Morais para o futebol sul-coreano a diretoria anunciou um novo reforço: o zagueiro Anderson Salles, que estava no Goiás. O Tricolor não tinha a intenção de contratar mais um defensor, mas mudou de ideia com a lacuna deixada pelo antigo capitão. Anderson acertou tudo com o clube e tem contrato até o final da Série B. 


Anderson Salles tem 28 anos e começou a carreira no Santos, onde teve sua primeira oportunidade em 2008. Passou por Juventus-SP, Ituano e Grêmio Barueri até 2013.

No ano seguinte, teve a melhor fase da carreira quando foi campeão paulista pelo Ituano. A equipe teve a melhor defesa da competição, sofrendo apenas 11 gols. Anderson Salles marcou seis vezes e foi o artilheiro do time. No mês de abril daquele ano, transferiu-se para o Vasco e assinou contrato de dois anos com clube carioca.

No ano passado, Anderson Salles defendeu o Goiás e fez 31 jogos, marcando apenas um gol. Começou a temporada como titular, mas ao longo da Série B perdeu espaço e jogou pouco durante o segundo turno.


Compartilhar:

domingo, 8 de janeiro de 2017

Conheça o novo programa de sócios do Mais Querido


DO CORALNET
No fim de dezembro do ano passado, o presidente Alírio Moraes já havia sinalizado que o programa de sócios do Santa Cruz passaria por um processo de reformulação em 2017. Já neste mês de janeiro, as mudanças serão divulgadas oficialmente para que o torcedor se associe em prol do crescimento do clube. As alterações começam pelo nome do programa, que vai passar de "Sou Santa Cruz de Corpo e Alma" para "Santa Forte", caracterizando um novo conceito para o projeto. 

De acordo com informações apuradas pelo portal CoralNET, a mudança de nome do programa e do slogan é uma estratégia para unir mais a torcida da marca, até por ser mais apelativa e enfática. O "Santa Forte" vai trazer seis planos de sócios, com preços variando de R$ 5,00 a R$ 200,00. As ações feitas para os associados ao longo de 2016 permanecem neste ano, mas novas promoções serão inseridas como forma de atrativo para o torcedor.

Outra novidade que será lançada é o "Mais que sócio". O projeto funciona como um marketing de rede. Através do modelo comercial, os associados podem ganhar descontos na mensalidade caso consigam convencer uma pessoa a virar sócio durante determinado tempo, que ainda está em estudo. Dependendo da quantidade de novos contribuintes que sejam inseridos no programa, obviamente mantendo todos adimplentes, é possível até gerar um dinheiro extra (percentual de ganho indefinida).

DE CORPO E ALMA

Lançado oficialmente no dia 25 de janeiro de 2015, no primeiro ano de gestão do presidente Alírio Moraes, o programa começou apenas com 4.332 sócios em dia. A contratação de Grafite para o Santa Cruz, tida como uma forte estratégia de marketing, fez com que o quadro de associados crescesse substancialmente, subindo para mais de 10 mil. Esse número foi mantido até o fim daquele ano.

Em 2016, entre o período das conquistas da Copa do Nordeste e do Campeonato Pernambucano e o início da Série A, a quantidade de sócios aumentou mais um pouco, chegando a cerca de 12 mil. Depois, a queda brusca do Santa no Brasileiro acarretou na redução do quadro de associados e o número começou a despencar. No mês de agosto, estava em11 mil, em setembro diminuiu para 8,5 mil e hoje tem apenas 6 mil.

META

A meta do programa "Sou Santa Cruz de Corpo e Alma" com Alírio Moraes na presidência era atingir 20 mil sócios em dia até o fim de 2016. O objetivo final da gestão do mandatário coral, que se encerra em dezembro de 2017, seria chegar à marca de 40 mil.

MENSALIDADES 

Dependendo da categoria, o sócio terá desconto de até 100% na compra de ingresso para qualquer setor do Arruda. Logicamente, que a porcentagem de abatimento depende do seu plano e da área onde queira assistir ao jogo.
Compartilhar:

Presidente do Santa Cruz quer dar "aula de gestão" no clube, em 2017


DO CORALNET
O segundo semestre de 2016 foi um desastre para o Santa Cruz. Cotas bloqueadas, salários atrasados, queda para a Segunda Divisão do Brasileiro e desmanche do elenco marcaram o clube, que luta para se reerguer em 2017. O presidente do Santa, Alírio Moraes, espera administrar bem a parte financeira e dar uma “aula de gestão”, reestruturando o Tricolor Pernambucano este ano. Para o feito, ele também conta com o apoio da torcida coral.

“Temos que olhar para frente. Esse ano é muito importante para o futuro do Santa Cruz. Precisamos ser campeões de gestão. Administrar bem a parte financeira, para não acontecer o que aconteceu em 2016. É o nosso último ano de mandato e iremos brigar pelo tricampeonato estadual e o bicampeonato da Copa do Nordeste. A torcida pode esperar, pois vamos fazer um time guerreiro , com a cara do torcedor. Se Deus quiser, a torcida vai se animar para ir ao estádio. Teremos um novo plano de sócios, e o torcedor poderá contribuir mês a mês com o Santa. Estou animado e esse ano será fantástico. Queremos dar aula de gestão para reestruturar o clube”, destacou o mandatário coral.

Alírio explicou o motivo dos problemas financeiros no Santa Cruz, alegando que o salário de muitos jogadores aumentou após o acesso para a Série A e além disso, outros atletas vieram com um salário alto. No entanto, disse que em 2017 isso não irá se repetir, pois a folha será bem mais enxuta. Ainda assim, garantiu que a torcida terá um time guerreiro e novos ídolos irão surgir.

“O que aconteceu foi que, em 2016, o salário dos jogadores foi impulsionado com o acesso (para a Série A). Isso é normal. Alguns atletas ficaram para o ano passado e isso inchou a parte financeira do clube. Alguns jogadores que foram contratados para ajudar o Santa vieram com salários altos, juntando com os bloqueios judicias, o que debilitou muito o clube no segundo semestre de 2016. Acho que iremos voltar às nossas origens e montar um time guerreiro, que também terá suas estrelas. Nessa temporada terão jogadores que irão assumir a função de ídolos da torcida”, disse.

PROGRAMA DE SÓCIOS
“Eu estou com um pequeno impedimento para o lançamento do programa de sócios, porque tenho até o dia 15 janeiro para marcar a data da futura eleição e publicar a relação dos sócios que seriam votantes na eleição do final do ano. Achei que não seria de boa politica lançar a campanha antes da publicação da lista, para não se confundir com atitude eleitoreira. Vamos fazer uma coisa de cada vez. Até quarta-feira publicamos essa lista e divulgamos a data do lançamento do programa. O torcedor tem que ter cada centavo deste ano pago, pois as cotas são pequenas. Cada centavo pago pelo torcedor vai nos ajudar muito”, explicou.

GRITO DA REPÚBLICA
“O motivo da nossa vinda para cá (Estádio Grito da República), é que estamos fazendo uma reforma no nosso gramado (Arruda). E também estamos aqui porque já é uma prática procurar outro município para realizar a pré-temporada. Surgiu a oportunidade de virmos para Olinda e estamos nos sentindo muito acolhidos. Estamos em casa, e teremos uma proximidade com os torcedores corais olindenses. Acho que vai ser uma experiência boa e, desde já, fica a expectativa para termos essa parceria até o final do ano, para fazermos treinos e jogos aqui. Tem muita coisa sendo apalavrada e acho que vai caminhar bem”, encerrou o presidente Alírio Moraes.
Compartilhar:

sábado, 7 de janeiro de 2017

Santa Cruz anuncia mais um reforço


DO GLOBOESPORTE.COM

O Santa Cruz acertou a contratação de mais um reforço para a temporada. Trata-se do meia-atacante Léo Costa, que estava no Mumbai City, da Índia. O jogador tem chegada prevista ao Recife na próxima segunda-feira e inicia os treinamentos no Estádio Grito da República, na cidade de Olinda.

O contrato do jogador com o Santa Cruz vai até o final da temporada. Léo foi revelado pelo Santo André, em 2008. Passou por muitos clubes do interior de São Paulo como o Linense, o São Bernardo e o Rio Branco. Ele foi artilheiro do Campeonato Paulista de 2014 no Rio Claro.

Léo Costa é um meia que pode atuar centralizado ou caindo pelos lados do campo. Tem a técnica como principal virtude.

Para conhecer um pouco mais o novo contratado, assista os melhores momentos do jogador, no vídeo, abaixo.



Compartilhar:

Santa Cruz perde para o Ituano, mas consegue avançar para a próxima fase da Copa São Paulo

DO CORALNET
O Santa Cruz perdeu para o Ituano/SP, por 1 a 0, na última partida da fase de grupos da Copa São Paulo de Futebol Júnior. No entanto, o Tricolor Pernambucano conseguiu se classificar como o segundo colocado do grupo 16, com quatro pontos. Na próxima fase, o time coral vai enfrentar o Primavera/SP, que foi o líder do grupo 15. A data da partida ainda não foi definida.


O primeiro tempo foi dominado pelo Ituano. Pressionando a saída de bola do Santa Cruz, a equipe mandante deu muito trabalho para os corais, que dificilmente chegavam ao ataque. Logo nos primeiros minutos, uma bola na trave e uma defesa sensacional do goleiro Lucas Silva, que salvou o Tricolor do Arruda. O Rubro-Negro continuou a pressão, até conseguir abrir o placar na reta final da primeira etapa. Com mais duas bolas na trave e algumas chances perdidas, o Ituano poderia ter ido para o intervalo com uma vantagem maior.

Na etapa complementar, o Santa Cruz voltou mais atento e conseguiu equilibrar a partida. O time coral conseguiu criar alguns lances de risco e até poderia empatar o jogo, pois o Ituano diminuiu o ritmo e não atuava como no primeiro tempo. O placar permaneceu o mesmo e o Tricolor do Arruda perdeu a sua primeira partida na Copa São Paulo.

O TIME: Com a volta do atacante Alessandro, que cumpriu suspensão na última partida, o técnico Douglas Rodrigues escalou o Santa Cruz com: Lucas Silva; Daniel, Francisco, Thawan e Pablo; Victor, Otávio, Jackson e Pequeno; Alessandro e Robinho.

GOLS: Aos 39 minutos do primeiro tempo, Valmir recebeu na entrada da grande área e mandou no cantinho do goleiro Lucas Silva, fazendo o único gol do jogo.

Compartilhar:
Proxima  → Inicio

Contato

Ricardodasilvaleandro@hotmail.com
Daniel.leandro21@gmail.com

Rádio Show de Bola

Mais Lidas

Arquivo Do Blog

Facebook

Total de visualizações

Marcadores

Tags:
Tecnologia do Blogger.